MUDANÇAS

23-10-2021

No início de 2021 conectei-me com a energia que esse ano iria trazer para compreender os potenciais e desafios que viriam aí. Sabia que seria um ano que nos ia continuar a puxar para a afinação do SER por meio de mudanças e transformações, profundas ou subtis. 

O solstício de dezembro trouxe a "estrela de Belém" anunciando a chegada da Nova Era por meio da activação da Cruz Fixa que, na astrologia, representa a ascensão do mestre por meio do reconhecimento da sua energia pessoal. Talvez por isso senti que este ano seria um período que nos ia trazer 4 momentos cruciais para afinar a nossa essência, de forma a reconhecer o mestre interno.

A cruz fixa é formada pela unificação de 4 signos: Aquário, Touro, Leão e Escorpião. Cada uma destas energias, veio potenciada em 2021 trazendo desafios em Fevereiro, Maio, Agosto e agora em Novembro. Aquário pediu a libertação de padrões limitantes (que nos impedem de voar), Touro pediu o reconhecimento da beleza e do prazer (fazendo a conexão com a Terra), Leão pediu para abraçar o amor próprio (activando o amor incondicional) e Escorpião vem sacudir todo o lodo que possa estar a impedir o reconhecimento da nossa verdade (por meio da obscuridade).

Sinto por isso que somos convidados a este mergulho voluntario na densidade que criamos e alimentamos na nossa vida. E para quem não quiser ir de forma voluntária, já sabe, é possível que o universo traga por aí alguns coices que nos vão levar para o centro dos nossos medos, e dos enredos mentais que criamos para não sair da nossa zona de conforto. Temos alimentado esta ideia medieval de que a obscuridade é algo mau, negativo, do demónio, mas a realidade é que tudo isso tem essa carga porque assim acreditamos. Quando vemos os "obstáculos" ou bloqueios como a identificação daquilo que temos de partir ou modelar na nossa vida, compreendemos que estamos diante da pedra filosofal que nos pede o uso da sabedoria para que sejamos os magos alquimistas, capazes de co-criar a nossa realidade.

E de facto é tão fácil quanto isto, mas.... Enquanto humanos, gostamos de complicar e de nos auto-sbotar, por isso, Marte e Plutão vão dar aqui um empurrão, criando uma tensão nos céus de forma a activar de forma mais consciênte as guerras internas que estamos a travar, para que haja uma o reconhecimento da auto-destruição, ou seja, de tudo o que alimentamos de forma inconsciente e que não serve mais o nosso verdadeiro propósito de vida.

Por isso, um conselho: aproveita cada manhã para te alinhares com o teu eixo central. Permite-te ser o observador da tua realidade. Lembra-te que não tens o poder de mudar a energia dos outros mas és o único responsável da forma como vibras, e ao tomares a responsabilidade pela tua energia pessoal vais poder transformar a tua realidade. Por isso, permite-te ver e rever o que estás a alimentar e de que forma:

  • As amizades que tenho ajudam-me a evoluir ou fazem-me sentir insegur@, dependente?
  • Consigo levar alegria para a minha casa ou é onde descarrego as minhas frustrações pessoais?
  • Trabalho com prazer ou estou sempre à espera de valorização?
  • Respondo em amor ou sou agressiv@ sem intensão?
  • Agradeço à vida ou gostaria que tudo mudasse em forma de milagre?
  • Vivo com leveza ou atraio/alimento situações densas para mim?

Faz uma  lista com estas perguntas e as respostas. Permite ter consciência do que estás a alimentar na tua vida e porquê. Faz o balanço daquilo que precisas de mudar para viveres como realmente desejas. Lembra-te: todos os dias tens a oportunidade de fazer a diferença. Para alcançar a mudança é preciso contrui-la, mesmo que seja passinho a passinho.

Aproveita este mês para te retirares da tua rotina, seja por um dia, uma hora ou uns minutos. Dá espaço ao que te absorve para que possas ouvir a tua essência e compreender o caminho que te está a ser pedido. Porque na realidade, se não fazemos pequenas mudanças hoje, o nosso amanhã será sempre igual, desviando-nos do nosso caminho evolutivo.

Abraça a mudança em ti.